17 de março de 2014

TODO DIA É ASSIM



Segunda-Feira:

Criador: eu o amo!
Anjo: mas o que ele fez é péssimo, vai contra seus princípios.
C: eu o perdoo.

Terça-Feira:

A: agora foi demais, o Sr viu a atitude dele?
C: Eu o amo muito!
A: é inaceitável! Revoltante! Ele é muito sujo.
C: está perdoado 100%

Quarta-Feira:

A: foi a gota d'água agora, ele extrapolou tudo o que é mais sagrado, qual será o castigo dele?
C: NENHUM. Meu amor incondicional para ele.
A: o Sr só pode estar de brincadeira. Não só não vai castiga-lo como perdoa e o ama? Não tem como entender isso, não tem.
C: exato! E o nome disso é GRAÇA!

---

Ao escrever o diálogo fictício acima, a pessoa que pensei, a que eles mencionaram, sou eu.

É interessante, e por que não dizer magnífica, a forma como Deus nos ama. É incompreensível, é algo que não tem explicação, pois não há no mundo inteiro um amor como esse, por isso muitos não aceitam serem perdoados, ou perdoar sem um castigo, um merecimento.

Quando comecei a entender a Graça de Deus (e nunca chegarei ao fim deste entendimento), percebi que é algo louco demais. Sempre achei que quando Cristo tinha falado para dar a outra face, seria algo no sentido de não revidar, mas não, vai além, é perdoar e estar sujeito a receber a agressão novamente e perdoar de novo. É MUITO LOUCO.

Vivemos num mundo de competição e recompensa. Desde pequenos somos criados a competir (eu sou um espermatozóide que "venceu" a milhões). Antigamente cada coisa certa que se fizesse nas escolas ganhava-se estrelinhas, e quem tivesse a maior quantidade de estrelinhas no final do ano (competição), ganhava um presente, uma medalha (recompensa). Uma mãe/pai fala pro filho que não quer comer: "se vc comer tudo eu te dou um sorvete". Outros pais dizem: "Papai-Noel não vai te dar a bicicleta no Natal porque você foi uma criança má".

E isso perpetua e cresce a cada dia no meio corporativo, na sociedade como um todo e até dentro das igrejas. Sim, dentro das igrejas.

Quando trabalhamos a vida inteira com/por recompensa, fica muito difícil desvincular isso da nossa ideia, e quando vemos a Cristo agindo, achamos que é algo que não conseguiremos fazer, inatingível.
É por isso que a Bíblia diz que as coisas de Deus são loucuras para os homens. Claro, num mundo de recompensa, de "pagas", de "toma lá, dá cá", "bateu, levou", alguém oferecer a outra face depois de tomar um sopapo, é loucura total, perdoar então, nem se fala.

Mas a Graça do Eterno é algo fascinante, e quero aprender a cada dia com ela, e mais, quero me esforçar para ser louco nesse mundo, agindo com graça nos momentos quando a minha vontade era de "dar o troco".

Quero agir (pelo menos tentar) como Deus agiu comigo, que pisando na bola TODOS OS DIAS, Ele continua me amando e me perdoando (agindo com a mais pura graça).

Já pensou se Deus fosse nos retribuir, ou nos recompensar porque fomos pessoas más, ou boas? Nunca, ninguém receberia nada!!! Nem a Madre Tereza de Calcutá (que por sinal entendeu bem o verdadeiro significado de ser uma pessoa cristã).

Se eu quero ser um discípulo de Jesus Cristo (Talmid Yeshua Hamashiah), eu tenho que tentar ao máximo imitá-lo em tudo (sei que não será fácil, mas quem disse que seria? E quem disse que farei isso por recompensa?).

Eu sou limitado. Deus é infinito. Assim, toda e qualquer ideia, conceito ou definição que eu tiver relacionado a Ele, ou sobre Ele, será infinitamente menor do que realmente é.

Digo isso para que eu não ache que entendi a Graça de Deus, que sei como é. 
Por mais que alguém diga que Deus é bom, esta definição não é capaz de alcançar o quão bom Ele é. E assim é com tudo relacionado a Ele.

Então, do pouco que sei (ou do que minha capacidade mental permite), ainda tenho um longo caminho a percorrer no Caminho da Graça (caminho que Ele chama a TODOS a andar/viver).









14 de fevereiro de 2014

Igreja ou igreja???



Antes de começar essa breve reflexão (e não quero aqui criticar por criticar, quero somente pensar e levar a quem queira pensar também), interessante seria entender o que é "igreja".

Dá a impressão que a igreja é uma casa (com suas paredes, teto, janelas e etc) onde se reúnem pessoas com o fito de cultuar a sua divindade;

Dá a impressão, também, que a igreja de Deus é a que nós estamos vinculados, pois nós somos servos e filhos do Deus Altíssimo;

Dá a impressão, ainda, que se numa cidade (aldeia, vila, distrito e etc) não tem uma "igreja" a que estamos vinculados, ela não está completa, ou não tem um trabalho evangelístico, ou não está sendo propagado o evangelho de Cristo;

Dá a impressão.

Falsa impressão.

Esta impressão, acima exposta, é o que gera a igreja com "i" minúsculo, pois Igreja com "I" maiúsculo não tem placa, não tem nome institucional, não tem convenção, não tem "endereço", não tem presidente, não tem diretoria, não atende interesses pessoais, não está fechada dentro de paredes, não está restrita, não faz acepção de pessoas, não está preocupada com seu umbigo somente, ela é pra fora, é expansiva, é um local agradável a todos (independente de paredes), não somente aos seus, é reflexo puro do Amor de Cristo, é uma mão estendida, é serviço prestado, é ferida curada.

Confesso que me incomoda ver que "nos esforçamos" para "implantar" uma igreja onde já existem outras, onde o evangelho já é pregado, o amor de Cristo já é vivido.

Poderíamos, no entanto, ajudar (financeiramente, ou com mão-de-obra) os grupos/comunidades locais, ou investirmos nossas forças e ações para que a Igreja seja conhecida e "implantada" onde não há nada do amor Cristo.

Incomoda-me.

Só a título de exemplo, e termino: 

Na Nigéria, pastores (falsos, bandidos e malignos) estão tentando (e muitas vezes conseguindo) arrancar dinheiro do povo, em situação miserável, com o argumento que um dos filhos (pequenos, com menos de 10 anos) é considerado uma "criança-bruxa" (ASSISTA ESTA REPORTAGEM, POR FAVOR: ABC News - CRIANÇAS BRUXAS - ACUSADAS EM NOME DE JESUS - http://www.youtube.com/watch?v=miFrfTm-k3g - legendado).

Claro que sei que em nosso país ainda necessita muito de Cristo, mas será que este desejo de "implantar" uma igreja (Batista, Presbiteriana, Assembleia de Deus, Católica e etc) não poderia ser transformado em implantar Amor de Cristo com ações práticas (sem gastança com construção de templos) num lugar como esse da reportagem?

Só um pequeno desabafo e reflexão.

Lembre-se que Cristo nos chamou para salgarmos (darmos gosto e sabor à vida) e iluminarmos (mostrar o caminho) por onde quer que formos.


22 de janeiro de 2014

FRUSTRADO POR JESUS


Enquanto o ser humano deseja e anseia por justiça,
Enquanto o ser humano não aceita ver seu oponente vencendo,
Enquanto o ser humano bate após apanhar, e
Enquanto o ser humano condena o erro cometido por alguém,

Jesus age com graça derramando amor e perdoando aquele que lhe virou as costas, que o traiu, que bateu em seu corpo, que cuspiu em seu rosto, que diante de uma agressão (física ou psicológica) não reagiu e nem fez justiça (com suas mãos e nem através de outros).

E quer saber mais?

Assim como Ele agiu diante de todas essas circunstâncias, é como Ele quer que façamos, ou seja, frustrando aquele desejo de vingança que nasce quando alguém nos faz algo de ruim.
"Mas não é justo" (alguém pode pensar), "ele tem que pagar pelo que fez".

Não é errado esperar que a justiça seja feita quando acontece um ilícito, mas a Graça vai além, ela não só não espera a justiça acontecer, como se antecipa e age, e agindo ela passa por cima da justiça derramando amor e perdoando, porque a Graça não é Justa.

Enquanto desejamos por vingança e esperamos que a justiça seja feita, Cristo ultrapassa esses limites e age com Graça, frustrando todo senso de vingança/justiça. Na graça não há "pagar pelo que foi feito", na graça há amor incondicional.

É isso mesmo, a GRAÇA NÃO É JUSTA, e é com graça que Jesus quer que todo ser humano aja, ou seja, sermos todos imitadores dEle.

Jesus frustra o desejo de vingança e o anseio por justiça, e derrama da maravilhosa graça para todo aquele que não merece (eu e vc) perdoando tudo que fizemos de errado (sem termos que "pagar" o preço).

Quer Justiça, ou vingança? Jesus não!

Em Cristo a justiça e a vingança são frustradas pela ação da Graça.

----

“Quem de vocês não tiver pecado seja o primeiro a atirar a pedra”.
Ouvindo isso, eles começaram a deixar o local, um após o outro, a começar pelos mais velhos. A mulher foi deixada ali. Jesus levantou-se e perguntou:
"Mulher, onde eles estão? Ninguém condenou você?”

“Ninguém, Senhor”, foi a resposta.

“Nem eu”, disse Jesus.

“Siga seu caminho. Mas, de agora em diante, não volte a pecar”.
João 8:7-10

13 de junho de 2013

AS APARÊNCIAS NÃO ENGANAM




Do que adianta eu falar que sou torcedor do Palmeiras, mas usar camisa, ir aos jogos e saber a escalação do time do Corinthians? 

Muitas coisas em nossas vidas não bastam apenas serem ditas da boca pra fora, tem que ser perceptíveis aos que estão ao nosso redor.

E somos exatamente assim na questão do evangelho, do Amor de Cristo.

É mais fácil (e isso é aos milhões) ver pessoas declarando seu amor a Deus do que vê-las praticando esse amor.

É muito mais fácil ver pessoas se dizendo rendidas a Deus e que Ele dirige suas vidas, do que vê-las tendo atitudes que demonstram isso.

Com as coisas do Reino de Deus não se faz só da boca pra fora, tem que ter atitude, tem que ter ação, a zona de conforto tem que ser deixada de lado, a mão tem que ser estendida e o amor tem que ser demonstrado na prática.

A bíblia, em I João 4:20-21, é muito clara nesse sentido :

"Se alguém se vangloria, dizendo: “Eu amo a Deus” mas odeia e despreza seu irmão, é mentiroso. Se não ama a pessoa que vê, como pode amar a Deus, a quem não vê? O mandamento que temos da parte de Cristo é sem rodeios: amar a Deus se vê na prática de amar o próximo. Vocês precisam amar os dois."

Cansa ver gente que se diz Cristão e vive só debatendo questões que geram mais ódio;
Cansa ver gente que se diz Cristão e só fica lendo livros para seu crescimento.
Cansa ver gente que se diz Cristão e tem tempo pra tudo do seu deleite, mas para colocar o amor em prática está ocupado.
Cansa ver gente que se diz Cristão e fica postando frases nas redes sociais pra gerar efeitos nos outros, sendo que sua vida não tem efeito prático nenhum para o Reino de Deus.
Cansa ver gente pregando que o evangelho é vida, mas o evangelho não está vivo dentro dela.

A fé sem obras é MORTA.

A palavra de Deus chama estes, que nem na aparência enganam, de mentirosos.

Leia livros, defenda sua posição (com amor), poste frases nas redes sociais, fale do Amor de Cristo, tire férias, viaje, compre um carro, saia para jantar, nada disso será errado se além de tudo vc demonstrar, na prática, o Amor de Deus a quem precise (e deve começar dentro do seu lar).

Não basta dizer ser, tem que demonstrar.

Assim é o evangelho de Amor de Jesus Cristo.

Simples assim!


16 de maio de 2013

Honrar pai e mãe? Pra que?




-Honrar pai e mãe? pra que?

-Como pra que? É mandamento bíblico, digo mais, é o primeiro mandamento com promessa:

Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que te dá o SENHOR teu Deus. Deuteronômio 5:16

-Então honrar pai e mãe você faz questão de cumprir?

-Claro, meu amigo, é a Palavra de Deus. Veja que além de cumprir um mandamento de Deus, ainda como conseqüência temos uma promessa que trata da nossa vida na terra.

-Entendi, entendi... Então você também está guardando o sábado, não come peixe de couro e...

-Calma aí meu amigo, acho que você não entendeu... vivemos no período da graça, não mais sob o jugo da lei.

-Hummmm, agora sim entendi. Você “cumpre” aquilo que entende por bem, e se tiver uma promessa então, aí sim você vai com tudo... conheço isso, é o evangelho da conveniência.

----

Há um tempo tenho refletido sobre o mandamento que todos aprendemos e levamos até o fim da vida: “honre teu pai e a tua mãe”, e nos pautamos por ele, somos ensinados, ensinamos, exortamos e somos exortados a praticá-lo com perseverança e dedicação.

Quando um filho desrespeita seus pais, por qualquer motivo, a primeira coisa que vem à cabeça é isto (honre teu pai e a tua mãe), pois é um mandamento bíblico, dado pelo Eterno Deus ao seu povo.

E é mesmo interessante, pois hoje em dia o que se vê muito, são filhos desonrando seus pais, é incrível como isso tem crescido.

Mas tem mais um detalhe, juntamente com este mandamento tem uma promessa de Deus, e uma promessa excelente (prolongar os dias e viver bem na terra), ou seja, é um mandamento que cabe bem em qualquer situação, pois trata de educação familiar e uma vida bem vivida. Quem não quer???

O que muitos esquecem é que esse mandamento, como o próprio nome diz, faz parte da Lei, ou seja, da velha aliança.

Quando dizemos que vivemos não mais sob a Lei e sim debaixo da Graça de Cristo, estamos afirmando que a Lei não tem mais poder sobre nós e que um novo mandamento nos foi dado: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como Cristo nos amou".

Cristo é tão sensacional que ao nos “dar” um novo mandamento, ele engloba tudo em um só, pois contra o Amor não há Lei, não há nada acima do Amor (lembre-se que Deus é Amor).

Assim, quem AMA o seu pai e a sua mãe faz muito mais do que apenas honrá-los, pois é bem possível honrar sem amar, e isto não é o que Cristo veio nos ensinar.

Nossos pais tornam-se os nossos “próximos”.

Mas é incrível como pegamos muitas partes da Bíblia e fazemos uma nossa, pegamos versículos que gostamos e vamos juntando um ao lado do outro até termos a “nossa” bíblia, aquela que nos agrada.

Ainda mais hoje com a proliferação de uma falsa teologia que não tem Amor, onde esse mandamento, avulso, toma corpo e muitos apenas se sentem servos do Altíssimo só por honrar pai e mãe. Mesmo porque a promessa é genial.
Afinal, quem não gosta dessas promessas?

Peça para alguém escolher entre receber uma promessa de vida boa e outra de abrir mão de tudo, para saber qual será escolhida. Até eu que sou bobo quero a promessa...hehehe

Mas o que Cristo nos ensina é Amar, e muitas, mas muitas vezes quando se ama, abre-se mão de si (a exemplo de Cristo que, por tanto amar o próximo, deu a sua própria vida por todos).

Vamos sim seguir os ensinamentos bíblicos, mas vamos segui-los como Cristo ordenou, na sua inteireza, não aos pedaços como muitos querem que façamos.

Então, honrar pai e mãe pra que?

Vamos AMA-LOS, com todas as nossas forças, não sei se você vai ter seus dias prolongados e nem sei se você irá tão bem assim, mas posso te garantir que viverá num ambiente de amor que nenhuma riqueza do mundo poderá pagar.

26 de fevereiro de 2013

ABANDONEM O CRISTIANISMO!!!


        Abandonem o cristianismo que se esqueceu da Bíblia, que não lê, que não ouve, que não medita e que não obedece a Palavra de Deus.
Abandonem o cristianismo que fez da oração um negócio, uma troca, e não uma comunhão constante com o nosso Pai onde a maior benção é o próprio Deus.
Abandonem o cristianismo da grande omissão, onde não há proclamação, não há testemunho, não há discipulado
Abandonem o cristianismo sem cruz, sem renúncia, sem perdas, sem entrega, sem morte.
Abandonem o cristianismo de fim de semana, só dos domingos, só da aparência; o cristianismo teatral que vai a igreja mas não sabe ser a própria igreja.
Abandonem o cristianismo dos eventos que trazem novidades, mas não produzem santidade, que fazem movimento, fazem barulho, mas não produzem comprometimento.
Abandonem o cristianismo dos eventos que trazem novidades, mas não produzem santidade, que fazem movimento, fazem barulho, mas não produzem comprometimento.
Abandonem o cristianismo que transformou o culto em show, que transformou o homem no centro e na razão do culto.
Abandonem o cristianismo onde Jesus não é mais o Senhor, a cabeça do corpo, onde quem manda são líderes mal intencionados, as famílias mais antigas ou maiores da igreja.
Abandonem o cristianismo onde as pessoas buscam títulos, cargos, posições privilegiadas, e não querem o mais nobre título “servos de Jesus Cristo”.
Abandonem o cristianismo onde as pessoas não são transformadas, não mudam seu jeito de falar, seu comportamento, suas ações e reações.
Por favor, faço um apelo que abandonem esse “cristianismo” vivido por pessoas quem querem ser chamadas de “evangélicas”, mas não de cristãos, não mais de discípulos de Cristo, não mais de servos.
Abandonem esse Cristianismo, ou melhor, voltemos ao Evangelho puro e simples de Jesus Cristo!

                                                   Texto de Samuel Amaro dos Santos.
                                                   Adaptado por Djalma Maciel

31 de dezembro de 2012

Exagere


Uma das recomendações que se ouve nesta época é: NÃO EXAGERE

Pois bem, sempre é bom não exagerar, mas eu quero dar a minha recomendação para 2013:

EXAGERE

Olhe para o lado e:

Exagere em rir;
Exagere em abraçar;
Exagere em sorrir andando;
Exagere em contribuir para um mundo melhor;
Exagere em estender a mão;
Exagere em doar generosamente;
Exagere em se doar;
Exagere em ajudar quem precisa, o próximo caído;
Exagere em acolher bem;
Exagere em servir;
Exagere em abrir mão de si, menos "eu";
Exagere em buscar a Deus;
Exagere em distribuir o que te sobra;
Exagere em perdoar, vc se sentira bem e
Exagere em AMAR incondicionalmente.

Exagere nestas coisas, pois por mais que a gente "exagere" será pouco para transformarmos pessoas e o mundo;

Exagere!!!

Feliz 2013!!!!!


18 de dezembro de 2012

SOMENTE CIRCO




Que eu não torci para o Corinthians isto é fato, e todos meus amigos sabem disto.

Mas o que me incomodou mesmo foi o que vi.

Incrível ver pessoas que largaram emprego, largaram família, gastaram todas as economias para ver "seu time" jogar futebol no Japão (sem saber se iria ganhar).
Calma, não estou generalizando, sei que muitos tem muito pra gastar (e aí também tem um pouco da minha indignação).

Eu fico repensando a forma de governo Romano onde se dava ao povo o que eles mais queriam: PÃO E CIRCO.

Repenso pq o q vi foi uma busca pelo CIRCO, sem medida. Que se dane o PÃO.

E hoje, Terça-Feira??? O que estão fazendo estes mais "desmiolados" que tomaram atitudes impensadas? Talvez procurando emprego, talvez sofrendo com uma conta a pagar (pois não é só o time que vence, as contas tb), talvez desesperado sem saber o q fazer...

E os jogadores do time dele? Aqueles que beijam o escudo, que declaram amor eterno (mas se aparecer um boa proposta financeira saem fora rapidinho), que elogiam a torcida, que se "matam" em campo???

Ah, eles estão bem, cada vez mais ricos e nenhum pouco se importando pra torcida (não, não quero que eles dividam os milhares de $$$ que ganharam, não é isto). Hoje eles estão de férias, curtindo numa boa, só esperando as festas pra se alegrar mais um pouco (não estão tão errados assim), enquanto o seu torcedor (a massa) está "feliz" (por uns dias) pelo título alcançado.

Já me incomodava o fato de "nós" nos alegrarmos com o Circo e o Pão, agora vendo que o Circo sem pão tb alegra muito, me incomodou mais ainda.

Disse um amigo: "as vezes esta é a única alegria que o cara tem".

Então piorou mais ainda.

Mas é fácil de arrumar tudo, é só colocar a culpa no governo e cruzar os braços, pois já votamos pra isto.

NÃO!!!

O que também me incomoda é o que EU e VOCÊ temos feito pra mudarmos esta realidade medíocre que vivemos?

Dizemos que somos Cristãos e ao olharmos para o ano de 2012, que se finda, vemos que fomos egoístas, que pensamos muito, mas muito, mais em nós do que no próximo.

Mas podem dizer: "- vc não sabe, eu ajudei muito".
Muito bem, que bom, mas será que é o suficiente?

Dizemos ser seguidores de Cristo, discípulos dEle, mas como, se não queremos ser IGUAIS a Ele?

Cristo dedicou a vida inteira ao próximo. E demonstrou como cada um de nós deveríamos viver, mas hoje freqüentamos igrejas, damos ofertas/dízimos, as vezes vamos numa creche, num asilo, num hospital e a nossa "consciência" fica tranqüila (como se estivéssemos pagando uma penitência ou promessa).

Será que isto é tudo? Será que não posso fazer mais? Será que estou tranquilo com o que tenho feito?

Será que eu entendi alguma coisa?

(Tudo que escrevi serve, primeiramente, a mim).

13 de julho de 2012

Não tem graça nenhuma





A graça é o diferencial do que Jesus prega e do que TODAS as outras religiões tem como conceito e princípio.

Aliás, Jesus com a graça QUEBRA todo o conceito de religião.

Religião é um sistema de crenças e obrigações que alguém tem com um ser superior.

Enquanto você cumpre as obrigações com o ser superior, ele te abençoa, o não cumprir pode gerar até uma maldição, mas a bênção está ligada diretamente a você realizar algo. Uma contraprestação.

Isto gera escravidão, pois todos que buscam algo TEM que fazer por merecer.

Este é o lindo da Graça de Jesus, NINGUÉM faz NADA para merecer, muito pelo contrário, todos os dias pisamos na bola com Ele e mesmo assim ela (graça) é derramada sobre nós.

Isto sim é amor INCONDICIONAL!!!!

A Graça é tão sensacional que ela está ligada diretamente ao Amor e ao Perdão ao mesmo tempo.

E como é fácil ver a falta de graça em muitas atitudes em nossa volta:

Um filho que não perdoa o pai;
Um marido que não ama a esposa;
Uma amiga que não estende a mão ao amigo;
E assim vai...

Não tem graça nenhuma recebe-la e não reparti-la;
Não tem graça nenhuma ser perdoado TODO OS DIAS e não perdoar o erro de alguém;
Não tem graça nenhuma não demonstrar amor;
Não tem graça nenhuma não estender a mão a quem precisa;
Nao tem graça nenhuma ser indiferente às dificuldades do próximo;
Não tem graça nenhuma ver uma igreja que se preocupa mais com seus "rituais" do que com pessoas;
Não tem graça nenhuma vincular a benção de Deus à uma obrigação de entregar de dízimos e/ou ofertas;
Não tem graça nenhuma vc tirar o que já é "lixo" na sua casa e resolver doa-lo;
Não tem graça nenhuma vc ajudar por descargo de consciência;
Não tem graça nenhuma a falta de paciência que você tem com seu filho;
Não tem graça nenhuma a forma carinhosa que você trata estranhos e não age assim dentro da sua casa...

MUITA COISA não tem graça nenhuma...

Mas Jesus derrama desta mesma Graça em TODOS nós, igualmente...

Derrama sobre o bom marido, o bom pai, o comerciante honesto, o pastor, o padre, mas também derrama sobre o estuprador, o assassino, o ladrão na Cruz, a prostituta que seria apedrejada e todos os que você estiver pensando...

Esta graça SÓ EXISTE EM JESUS, e os que se dizem discípulos dEle devem buscar andar como Ele andou, servir como Ele serviu e amar como Ele amou e nisto reside toda a graça.


24 de abril de 2012

Não se engane...



Vc conhece o MS?

Já o estudei, ele fica na Região Centro-Oeste, a sua capital é Campo Grande e na divisa com SP está o Rio Paraná.
Ah, vc é de lá, não é?

Sim, sou.
E vc sabe que cidade sul-mato-grossense está logo após o Rio Paraná, indo por terra de SP pro MS?

Não, não sei, qual é?

Sorriso!
É uma cidade...

Ah sim, já ouvi falar!!!

Pois é, é uma das maiores cidades do MS depois da capital, tem várias indústrias e o maior PIB da Região.

Caramba, que legal, não sabia, preciso ler mais sobre o MS, continue contando...

Então, Sorriso era pra ser a capital do MS, pois sua beleza natural atrai inúmeros turistas, aliás, é a cidade mais turística do estado.

---

Pois é, não sei se vc sabe, mas todas as informações sobre a cidade de Sorriso são falsas, pois ela pertence ao estado do Mato Grosso - MT e não tem nada a ver com MS, muito menos os detalhes informados.

Mas é interessante quando alguém fala algo fora da regra geral (como a região a que pertence um estado e sua capital), algo que muitos sabem, mesmo sem visitar/conhecer, e as pessoas acabam acreditando pelo simples fato da outra “parecer” saber mais.

Sabe que com Deus é exatamente assim?

Muitos sabem e acreditam que Ele existe, sabem que Jesus Cristo é o filho dEle, sabem que Deus é Amor, Justo, tem compaixão, misericórdia e isto tudo é Regra Geral, e quando encontram alguns que leram um pouquinho mais a Bíblia, são literalmente enganados, como o exemplo acima.

Relação com Deus não pode ser algo superficial ou que possa gerar o seguinte pensamento: “está bom, sei bastante”; “conheço o suficiente”; “estou satisfeito com o que sei”.

Relacionamento com o Eterno deve ser algo contínuo e crescente, não pode estacionar e deve gerar compromisso.

Relacionamento com Deus é igual subir uma escada rolante que está descendo, ou seja, pra vc regredir, voltar atrás, retroceder, é só ficar parado, é só achar que está suficiente o que aprendeu.

Quero confessar um erro pra vcs, eu infelizmente liguei a TV num sábado pela manhã e assisti um programa “religioso”.

Pois é, erro terrível, pois foi incrível como eu escutei tanta enganação bíblica, texto fora do contexto, a Bíblia sendo usada para justificar algumas atitudes tenebrosas, para atacar pessoas ditas como “irmãs”, para enganar todos aqueles que só “escutam” os que aparentemente sabem mais.

Conhecer a Deus é um caminho que não acaba, não tem fim, é um caminho onde a busca deve ser diária e ininterrupta.

Não queira ser enganado, não se deixe enganar, não permita que alguém (com bela aparência) te leve na conversa.

O Eterno deseja se relacionar com vc, ELE E VOCÊ, busque-o, Ele nunca te enganará.